DiaaDiaES.com.br
Entrada de um sítio em Ribeirão foi devastada pela correnteza. Foto: Tiago Rocha/Da Hora

Vargem Alta: destruição e distritos isolados após a chuva

Cidade em calamidade após o temporal de sexta-feira (17), Vargem Alta ainda sofre com a destruição e a falta de comunicação. Os distritos de Córrego Alto, Morro do Sal, Córrego do Ouro, São Carlos, Alto Boa Vista e Ipê seguem isolados, segundo a Defesa Civil estadual.

Quinze pontes foram danificadas ou destruídas pela força da água. Ainda falta água potável e energia em algumas localidades. Na cidade, os trabalhos de limpeza prosseguem.

A tempestade causou diversos deslizamentos de terra. Localidades que ainda estão com dificuldade de acesso são Jacutinga, Ardisson, Capivara, Pedra Branca e São Pedro.

Em Jaciguá, mais destruição na altura da ponte. Foto: Tiago Rocha/Da Hora

De acordo com a Defesa Civil estadual, a cidade está em risco moderado de novos deslizamentos de terra.

Leia mais: Cartão com até R$ 3 mil e FGTS liberado para vítimas da chuva

Não foram registradas mortes em Vargem Alta, mas há 1.006 desalojados e 58 desabrigados. No interior, vários acessos e pontes foram destruídos.

Lama e pedra na ES 375: rodovia foi interditada. Foto: Tiago Rocha/Da Hora

A rodovia entre os municípios de Vargem Alta e Iconha (ES 375), no Sul do Espírito Santo, foi totalmente interditada na altura do km 21, no distrito de Princesa de Rodeio. Por conta das fortes chuvas nos últimos dias, houve o rompimento da via.

Para chegar a Vargem Alta partindo de Vitória, a orientação é passar pela BR 262. Para acessar a cidade no sentido contrário, partindo do Rio de Janeiro, é necessário passar pela BR 101, Cachoeiro de Itapemirim, BR 482 e ES 164 até chegar na cidade.

A Prefeitura de Vargem Alta informou que um trecho da estrada que liga a comunidade de Santo Antônio à ES 164 (próximo ao restaurante do Hélcio) se encontra interditado por conta do deslizamento de rochas. As rotas alternativas são por Pedra Branca e Santana.

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: