DiaaDiaES.com.br
Pilhas e baterias que foram coletadas durante a campanha. Foto: PMCI

Quase meia tonelada de pilhas e baterias de celular usadas é recolhida em Cachoeiro

O projeto “Pilhando”, da Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim, recolheu 489 quilos de pilhas e baterias de celular usadas que serão descartadas de forma correta. A campanha foi realizada de 28 a 30 de agosto pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma).

A coleta foi realizada durante três dias em uma tenda montada na praça Jerônimo Monteiro. Foram recolhidas 359,7 kg de pilhas, 49,8 kg de baterias de celular, além de 80 kg de outros tipos de bateria, segundo informou a secretaria.

O trabalho de coleta foi feito por equipes das gerências de Educação Ambiental e de Controle de Resíduos da Semma, por meio do projeto Vem Reciclar, com apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semesp), do Rotary Club de Cachoeiro e da Rochativa.

Os itens recolhidos durante a campanha serão destinados a uma empresa especializada em logística reversa, integrante da Associação Brasileira de Indústria Elétrica e Eletrônica.

“A campanha teve um ótimo resultado, superou nossas expectativas. Muitas pessoas e empresas abraçaram a nossa iniciativa, nos ajudando a dar destinação adequada a meia tonelada de pilhas e baterias, materiais que podem ser muito prejudiciais ao meio ambiente. Para além desse saldo positivo, conseguimos passar para os moradores de Cachoeiro a importância da adoção de atitudes sustentáveis como essa”, afirma a secretária municipal de Meio Ambiente, Andressa Colombiano.

Resolução 

A Resolução do Conama 257/99 determina que as pilhas e baterias que contenham em sua composição chumbo, cádmio, mercúrio em seus compostos (metais pesados), sejam entregues pelos usuários, após seu esgotamento, aos estabelecimentos que as comercializam ou à rede de assistência técnica autorizada pelas respectivas indústrias, para o seu repasse aos fabricantes ou importadores.

Nesse processo, as pilhas e baterias passam por uma separação dos materiais existentes na sua composição.

Após serem cortadas, as pilhas e baterias são lavadas para que sejam removidos os resíduos químicos. Já os plásticos são encaminhados para empresas recicladoras. Depois desse processo, as partes metálicas são enviadas para um processo de trituração.

Ao final, o que resta é um pó de pH neutro, que é bem menos nocivo à saúde humana. Durante esse processo, o aço também é separado dos demais metais e encaminhado às recicladoras. Após este processo, o pó é enviado a um forno e aquecido a 1.300°C.

Em seguida, ele ainda passa por um novo processo de moagem para, então, surgirem como sais e óxidos metálicos. Essas substâncias são utilizadas como pigmento que dá cor a tinhas, cerâmica e também a fogos de artifício.

Carregando....