DiaaDiaES.com.br
Joana D'Arck. Foto: PT/Divulgação

PT busca apoio de partidos para as eleições de 2020 em Cachoeiro

O Partido dos Trabalhadores (PT), em Cachoeiro de Itapemirim, ainda não definiu a agenda da convenção que vai determinar as coligações e a chapa para vereadores nas eleições municipais de 2020. No entanto, o partido está em conversas pelo apoio no próximo pleito.

A pré-candidata Joana D’Arck Caetano explica que o partido optou por deixar a convenção mais para o final da data limite, que é no dia 16 de setembro. “Estamos conversando com outros partidos, mas ainda não fechamos com nenhum deles. Estamos deixando as portas abertas até nossa convenção”, comenta.

Joana conta que decidiu colocar o nome à disposição do partido para fazer a defesa do legado na cidade. “Esse foi um dos. O outro motivo é o fortalecimento da mulher na política, pois assim o jogo fica mais democrático. O PT fez muito pela população, e pretende continuar fazendo em favor do povo de Cachoeiro”, continua.

Para a pré-candidata, a informação para os eleitores mudou muito e pode determinar as eleições deste ano. “Depois de ter sido vítima de fake news em 2018, o eleitor está mais atento e mais exigente quanto ao currículo e a prestação de serviços do candidato. A fake news não é de agora, mas ficou muito intensificada por conta da evidência”, ressalta.

Projetos

Joana garante que a pandemia mudou a forma como as pessoas vão encarar os problemas com a saúde e a educação.

“Após essa pandemia, minha visão é voltada para um novo modelo de gestão, principalmente, para a saúde preventiva. Tivermos a oportunidade de observar e entender o quão preparado está o SUS, que salvou muitas vidas nesse período. Já a educação, estamos vendo o quão atrasado está. A educação privada saiu na frente, pois sempre investiu em tecnologias e no profissional. Temos que mudar essa realidade”, frisa.

Além disso, ela acredita que a crise causada, primeiro pela enchente e depois pela pandemia, pode ser superada com união.

“Num momento de crise precisamos ter projeto de arrecadação de recursos, nas esferas Estadual e Federal. Precisamos pensar numa forma de gerar de emprego e renda para o nosso município. Unir forças dos empresários, microempresários com segmentos dos trabalhadores, representados através dos sindicatos. Só vamos conseguir avançar e superar essa crise em Cachoeiro se tivermos união”, completa.

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: