DiaaDiaES.com.br
Protesto do setor de eventos. Foto: Divulgação

Profissionais do setor de eventos protestam em Cachoeiro

Cerca de 100 profissionais do setor de eventos de Cachoeiro de Itapemirim realizaram um protesto na tarde desta terça-feira (25) pedindo o retorno das atividades no município. A manifestação teve início em frente à ponte municipal e seguiu até o Palácio Bernardino Monteiro, sede da prefeitura.

De acordo com o organizador, Glauco Preato Fonseca, o setor foi o mais prejudicado com a pandemia da Covid-19. “Mesmo antes da quarentena, tivemos vários contratos congelados, anulados e cancelados. Como nosso setor tem aglomeração, fomos afetados. No entanto, 90% das atividades já voltaram ao normal, e nós continuamos proibidos de trabalhar”, explica.

“Só queremos trabalhar. Temos amigos profissionais que estão por uma situação delicada. Muitos dependem exclusivamente dos eventos para sustentar as famílias. Esperamos que o governo possa tomar alguma providência para retomarmos. Estamos vendo os bares e restaurantes lotados durante a noite. Então, por que não podemos ter música ao vivo lá? Queremos voltar e vamos respeitar as normas da OMS”, disse o organizador.

Foto: Divulgação

A concentração do protesto foi em frente à ponte municipal e os manifestantes seguiram, em passeata, até o Palácio Bernardino Monteiro.

“Ficamos sabendo que o prefeito estava no gabinete, mas não mandou nenhum representante ou porta-voz para falar conosco. Ficamos sem respostas, mas não vamos desistir e vamos procurar o prefeito novamente. Queremos pedir que a verba de R$ 1,4 milhão da Lei Aldir Blanc que Cachoeiro vai receber do governo federal seja aplicada no nosso setor”, completa Glauco.

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: