DiaaDiaES.com.br

Polícia Civil de Jerônimo Monteiro conclui inquérito sobre roubo a joalheria

Delegacia de Jerônimo Monteiro (Foto: Reprodução)

Na última quarta-feira (23), a equipe da Delegacia de Jerônimo Monteiro concluiu um inquérito policial que apurou um roubo, à mão armada, praticado em janeiro deste ano, em uma joalheria no centro do município.

Um homem de 28 anos e um adolescente de 17 anos são apontados como autores desse crime. Os mandados de prisão e internação foram cumpridos em Cachoeiro de Itapemirim, onde o suspeito estava preso e o adolescente apreendido por outros crimes.

De acordo com o delegado Marcelo Meurer Ramos, as investigações mostraram que esses detidos renderam as funcionárias da joalheria e subtraíram vários objetos do local. “Eles chegaram numa motocicleta, entraram no estabelecimento e roubaram relógios, anéis e cordões, além dos aparelhos celulares das vítimas. Após isso, eles empreenderam fuga. A investigação foi iniciada e imagens das câmeras de videomonitoramento do local auxiliaram os policiais civis na identificação dos autores”, disse.

O mandado de prisão em desfavor do suspeito de 28 anos foi cumprido no Centro de Detenção Provisória de Cachoeiro (CDP), onde ele já estava preso. “Ele já responde por um crime de latrocínio, em Cachoeiro de Itapemirim. Agora ele foi indiciado por roubo majorado pelo emprego de arma de fogo e pelo concurso de pessoas e por corrupção de menores”, afirmou o delegado.

Já o adolescente estava internado provisoriamente no Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases), também em Cachoeiro de Itapemirim. “Ele também é suspeito de participação no latrocínio acontecido no município. Agora ele responderá por ato infracional análogo ao crime de roubo majorado pelo emprego de arma de fogo e pelo concurso de pessoas”, explicou Marcelo Meurer.

Segundo o delegado, agora o inquérito será encaminhado ao Ministério Público (MPES).

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: