DiaaDiaES.com.br
Policiais durante operação. Foto: Polícia Ambiental

Operação conjunta flagra abate clandestino de animais no Caparaó

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental participou de uma operação em conjunto com agentes do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) no distrito de Mundo Novo, em Dores do Rio Preto, a fim de fiscalizar denúncias de abate clandestino de bovino na região do Caparaó. 

A ação ocorreu na noite da última quinta-feira (20). No galpão de depósito de um estabelecimento comercial local, foi constatado a manipulação de um boi proveniente de abate clandestino. 

Durante a fiscalização, o responsável informou ter comprado o animal abatido e quando foi questionado sobre como o abate teria ocorrido, ele levou a equipe às margens de um córrego, onde foram encontrados as vísceras do animal e restos de ossada, em área de Preservação Permanente (APP), com indícios de que o local vem sendo usado para outros abates clandestinos.

Restos da ossada do boi foram localizados em área de proteção permanente. Foto: Polícia Ambiental

Todo o material foi apreendido e ficou em posse do Idaf para incineração, sendo 146 kg de produtos de origem animal sem inspeção que estavam nos freezers do estabelecimento comercial e 150 kg de carne bovina do animal abatido. 

Por se tratar de crime contra a saúde pública, conforme Art. 268 do Código Penal e Art. 7º, IX da Lei Federal 8.137/90 e crime ambiental, conforme Art. 60 da Lei Federal 9.605/98, foi confeccionado um detalhado boletim de ocorrência policial e o responsável conduzido para a UPJ de Alegre.

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: