DiaaDiaES.com.br
Foto ilustrativa: Pixabay

Mulheres empreendedoras batem recorde de crédito no Banestes

O projeto Crédito para Mulheres Empreendedoras, do Banestes, bateu o recorde na concessão de crédito para o público da ação. De setembro a novembro de 2019, foram liberados R$ 10,75 milhões em projetos, sendo que a meta para fechar o ano era de R$ 10 milhões. Cerca de mil mulheres abriram ou ampliaram negócios com apoio do banco.

O projeto está dentro do programa Agenda Mulher, lançado em setembro pelo governo do Estado. Ele engloba operações de microcrédito e de créditos em parceria do Banestes com o Sebrae e tem como objetivos empoderar e dar visibilidade às mulheres através do empreendedorismo.

Mais da metade dos financiamentos no Programa Nossocrédito foi contratada por mulheres empreendedoras. Além dele, produtos da parceria com o Sebrae estão disponíveis para contratação.

“Tivemos um excelente resultado nesses três meses de atuação no programa. Atingimos a meta definida para 2019 um mês antes de acabar o ano. Nossa meta para 2020 é de conceder R$ 25 milhões em crédito para mulheres empreendedoras”, ressaltou a coordenadora de Controle de Operações de Microcrédito, Marcela Gomides Xavier, gerente do projeto no Banestes.

Microcrédito

A gerente de Crédito Rural e para Investimentos, Daniela Aleluia Lana, destacou que o Microcrédito é uma importante ferramenta para que as mulheres iniciem ou ampliem sua jornada como empreendedoras. O produto representa geração de oportunidades, de desenvolvimento e de independência financeira.

“Sabemos que muitas mulheres sofrem violências físicas e emocionais por serem financeiramente dependentes dos seus parceiros. Incentivá-las a empreender através do crédito produtivo e orientado é uma grande força para buscarem serem donas do seu próprio dinheiro, fortalecendo-as cada vez mais”, frisou Lana.

Estimativa

Iniciar um negócio com pouco ou quase nenhum dinheiro é a realidade de muitas brasileiras. O estudo Empreendedoras e seus negócios 2018, realizado pela Rede Mulher Empreendedora (RME), reforça essa estimativa. Segundo a análise, 37% das duas mil mulheres ouvidas abriram o negócio sem nenhum recurso.

Outras 17% recorreram ao dinheiro guardado na poupança e 13% ao próprio salário. Embora alarmante, o dado é a realidade de muitas mulheres empreendedoras. Principalmente pela falta de incentivo e de iniciativas para facilitar o ambiente empreendedor no Brasil.

Linhas de crédito

Nossocrédito

• Valor máximo: R$ 21.000,00
• Prazo máximo: 24 meses para Capital de Giro e 30 para investimento fixo
• Carência: até 2 meses para Capital de Giro e 3 para investimento fixo
• Taxas de juros: a partir de 1,10% a.m.

Cred Giro*

• Valor máximo: R$ 150.000,00
• Prazo máximo: 36 meses
• Carência: até 6 meses
•Taxas de juros: a partir de 1,20% a.m.

Cred Investimento*

• Valor máximo: R$ 300.000,00
• Prazo máximo: 60 meses
• Carência: até 12 meses
• Taxas de juros: pré e pós-fixadas (vide Tabela de Encargos PJ)

* Crédito em parceria com o Sebrae

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: