DiaaDiaES.com.br

Motoristas de aplicativo lamentam morte de colega morto por engano em Cachoeiro

A Associação dos Motoristas por Aplicativo do Sul do Estado (Amasul) lamentou o assassinato do motorista Dione dos Santos Silva, 37, morto por engano na madrugada deste sábado (26) enquanto lanchava num churrasquinho do bairro Alto Amarelo, em Cachoeiro de Itapemirim.

Dione foi morto no bairro Alto Amarelo. Fotos Whatsapp

Segundo testemunhas, o motorista não trabalhava no momento do crime. Ele estava no horário de lazer e, segundo colegas de trabalho, teria sido confundido com um rapaz do bairro que faria parte de uma gangue rival à dos atiradores.

“Recebemos a notícia com tristeza. Dione era um rapaz jovem, pai de família e foi vítima da violência constante que vive nossa cidade”, disse o diretor de Comunicação e Marketing da Amasul, Raphael Arruda.

Raphael disse ainda que por pouco um outro motorista de aplicativo que levava um passageiro ao bairro não foi atingido pelos acusados dos disparos, que fugiram em alta velocidade.

“Nossa categoria já vive preocupada com essa situação de conflito nos bairros, conforme tem sido relatado na imprensa, uma vez que estamos diariamente levando e buscando passageiros nestes bairros”, disse.

Dione foi morto no bairro Alto Amarelo. Fotos Whatsapp

A Polícia Militar informou que foi acionada à 0h45 e encontrou o corpo do rapaz, coberto por um lençol, caído na rua Boa Vista. Fez buscas, mas não localizou os acusados.

Já a Polícia Civil disse que o caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cachoeiro de Itapemirim. Destacou que outras informações não serão repassadas para que a apuração dos fatos seja preservada.

A PC  pede ainda que a população ajude com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br.

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: