DiaaDiaES.com.br

Morre policial baleado após tentar impedir assalto em Cachoeiro

Depois de ser baleado e ficar paraplégico ao impedir assalto a uma farmácia em Cachoeiro de Itapemirim, o policial militar Aldecir Rodrigues de Oliveira, 48 anos, morreu na tarde desta segunda-feira, em Mimoso do Sul.

policial militar Aldecir
PM passou mal e foi internado em Hospital de Mimoso do Sul. Foto: Redes Sociais

Aldecir, também conhecido pelo apelido de Gatão, estava numa clínica de repouso em Mimoso. No entanto, segundo amigos, ele passou mal e foi levado no domingo para o Hospital Apóstolo Pedro, morrendo às 12h30 após sofrer enfarte.

“Era um irmão de farda, um policial exemplar. Fez um bom trabalho em Mimoso do Sul. Foi uma notícia muito triste para todos nós”, disse o policial da reserva Valdeir Henrique Batista Sedano, 64, o Sargento Sedano, amigo do Gatão.

O assalto foi no dia 30 de março de 2015. Armados, dois bandidos invadiram a Drogaria Moreno exigindo dinheiro. Eles estavam nervosos e efetuaram coronhadas na cabeça do dono do estabelecimento.

Segundo a polícia, Aldecir caminhava a paisana pela calçada e tentou conter o assalto, mas acabou atingido com três disparos, um na virilha e dois nas costas. Um dos tiros acertou sua coluna e o PM ficou com as pernas paralisadas.

Caixão com o corpo do PM é carregado
Amigos e familiares carregam caixão com corpo do PM. Foto: Beto Barbosa

Ainda, de acordo com a polícia, os acusados eram um rapaz de 19 anos e um adolescente de 16.

O acusado maior de idade também foi baleado. Apesar de ferido, ele subiu na garupa da moto e fugiu com o adolescente, mas foi preso pouco tempo depois.

O dono da farmácia também precisou ser levado ao hospital devido aos ferimentos das coronhadas.

O adolescente conseguiu escapar da polícia, mas acabou sendo levado para a delegacia pela sua mãe, que o obrigou a confessar o crime. Ele passou alguns meses internado no Instituto de Atendimento Socioeducativo (Iases) e está solto.

A polícia informou que o adolescente confessou ter assaltado um supermercado no bairro Vila Rica, em Cachoeiro, no dia 17 de março e efetuado um disparo na boca do dono do estabelecimento.

O corpo do PM está na capela de Mimoso do Sul e será sepultado às 17 horas no cemitério local.

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: