DiaaDiaES.com.br
Carlos Aredes disse que é dentro da UTI que os médicos precisam ser mais fortes. Foto: Santa Casa Cachoeiro

Médicos da Santa Casa se reinventam para enfrentar a Covid-19

Médicos que estão na linha de frente de combate ao novo coronavírus na Santa Casa Cachoeiro, hospital de referência da doença no Sul do Espírito Santo, tiveram que se reinventar para enfrentar um inimigo até então desconhecido.

O medo e a incerteza sobre essa nova doença são constantes, mas também há espaço para alegrias para comemorar as vitórias, principalmente quando um paciente tem alta e vai embora voltar para o convívio familiar.

O médico residente Fellipe Altoé Folleto explicou que além de cuidar do tratamento, ele tem como função fazer o elo entre o paciente e a família, já que os parentes estão impossibilitados de fazer visitas.

“A gente visa sempre o menor tempo de internação e a qualidade de vida. O medo existe, mas a gente tem que deixá-lo de lado. Vestimos essa camisa da Santa Casa não é a toa. Temos que ofertar o que temos de melhor”, disse.

O médico residente Fellipe Folleto tem como função fazer o elo entre o paciente e a família. Foto: Santa Casa Cachoeiro

E uma equipe unida é o que garante bons resultados. “Do portão para dentro eu costumo dizer que cada um de nós compõe uma família. A família Santa Casa. E aqui dentro estamos cada vez mais unidos”.

Segurança

É dentro da UTI que os médicos precisam ser mais fortes. Eles precisaram se adaptar para evitar riscos. “Apesar de todos os cuidados que já tínhamos, com a Covid eles precisaram ser reforçados”, explicou o médico residente Carlos Alberto Marques Aredes.

Segundo ele, no começo foi bem difícil, mas hoje tiveram que aprender a conviver com a nova realidade.

“No início chorei várias vezes. Existia o medo de me contaminar e contaminar também minha família. Mas temos que continuar trabalhando com muito empenho para restabelecer a saúde dos pacientes porque eles precisam não só de saúde, mas também de muito carinho”, disse.

Para homenagear esses profissionais que tanto se dedicam em salvar vidas, o Grupo de Humanização da Santa Casa realizou uma ação que deixou os dos emocionados. Enquanto trabalhavam, eles receberam vídeos com depoimentos de familiares com palavras de incentivo, apoio e gratidão pelo trabalho realizado no hospital.

Além dos médicos, enfermeiros, fisioterapeuta, outros funcionários também serão homenageados.

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: