28.4 C
Vitória
terça-feira - 19 de março de 2019
DiaaDiaES.com.br
Geral Novidades

Justiça determina retirada de 87 famílias ameaçadas por pedra em Rio Novo

Após ação do Ministério Público do Espírito Santo, a Justiça determinou a retirada de 87 famílias de suas casas no bairro Santo Antônio, em Rio Novo do Sul. O motivo é um maciço rochoso no alto do morro que ameaça se desprender e atingir os imóveis.

Laudo recente do Corpo de Bombeiros aponta que a uma grande pedra apresenta fraturas e que, caso ocorra movimentação de blocos, poderá produzir efeito dominó atingindo outras pedras dispersas na montanha.

Uma parte desta mesma pedra já havia se deslocado em maio do ano passado, mas não atingiu casas. No entanto, moradores ficaram assustados e cinco famílias precisaram ser retiradas de suas residências.

O promotor de Justiça, Arthur de Carvalho Meirelles, informou que entrou com a ação após últimos levantamentos do Corpo de Bombeiros que apontaram risco elevado de desmoronamento.

“Minha preocupação maior é com as famílias que estão lá. O tamanho da rocha é impressionante e o perigo de deslizamento aumenta com as chuvas”, explicou o promotor.

Uma equipe da Defesa Civil Estadual retornou ao município no final de semana, a pedido da prefeitura e do promotor, e fez nova inspeção. Novo laudo deve sair nos próximos dias e a expectativa é de redução no número de famílias a serem retiradas.

O coordenador de Defesa Civil do município, Paulo Cezar da Silva Volpato, informou que o município está mobilizado para atender determinação judicial, ressaltando que a grande dificuldade no momento é encontrar casas para alocar as famílias.

Leia Também...

Retorno da Momo deixa mães e pais de Cachoeiro em estado de alerta

Helena Valadão

Município vai consultar Ministério Público sobre pena mais dura a flanelinhas

Helena Valadão

Prefeitura de Kennedy implanta sistema de ponto eletrônico para servidores

Helena Valadão
Carregando....