DiaaDiaES.com.br
Nésio Fernandes e Luiz Carlos Reblin durante coletiva. Foto: YouTube/Sesa

Estado vai testar todos os pacientes com sintomas de Covid-19

Durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta segunda-feira (14), o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, anunciou que a partir desta semana, todos os pacientes que apresentarem sintomas do novo coronavírus serão testados, independente de idade ou comorbidade.

A nova nota técnica da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) deve ser publicada ainda nesta segunda, estabelecendo normas para a aplicação do PCR, teste em que é inserido o cotonete no nariz e na garganta do paciente. Segundo o secretário, até quarta-feira (15) serão atualizados os critérios de testagem em assintomáticos que tiveram contato direto com casos suspeitos.

Nésio disse que apesar da redução no número de óbitos no Espírito Santo, não é momento de se descuidar dos cuidados básicos contra o novo coronavírus.

“Estamos diante de uma doença que teve uma força de transmissão gigantesca pelo mundo. Precisamos incorporar o novo normal com respeito aos protocolos sanitários”, disse Nésio Fernandes.

Ocupação de leitos

O subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, também participou da coletiva e disse que a taxa de ocupação de leitos no Estado para Covid-19 gira em 50%, o que representa uma redução no número de casos em todas as regiões. Segundo ele, a taxa de transmissão reduziu.

“Se considerarmos o Espírito Santo como um todo, essa taxa é de 0,34%. Com isso, precisamos de três pessoas para passar a doença para outro. Antes, nossa taxa era acima de 1. A medida que fica abaixo desse número, a pandemia começa a reduzir”, disse Reblin.

Inquérito Escolar

Nésio Fernandes disse ainda que na próxima sexta-feira (18), a Sesa divulgará os detalhes do Inquérito Escolar, que irá testar a comunidade escolar antes de ser definida uma data segura para o retorno às aulas presenciais na rede estadual de ensino.

O secretário disse que um protocolo de retorno da educação infantil está sendo analisado pelo governo.

“Tem sido a tarefa mais complexa. Equipes da Saúde e Educação estão realizando avaliações para que o documento final se aproxime o máximo possível do dia a dia da sociedade”, explicou Nésio.

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: