DiaaDiaES.com.br
Nésio Fernandes é secretário de Estado da Saúde. Foto: YouTube/Sesa

Espírito Santo terá aumento nos casos de Covid-19, alerta secretário

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, publicou nesta segunda-feira (21) em sua rede social que nas próximas semanas o Espírito Santo terá um aumento no número de casos observados de Covid-19.

“Teremos muitos pacientes positivos nos diversos inquéritos e pela mudança de critério de testagem e investigação de contatos domiciliares. Por enquanto, não será a ‘segunda onda’”, afirma Nésio.

Na última sexta-feira (18), o secretário anunciou que o Estado deverá realizar um Censo Sorológico e um Inquérito Escolar Sorológico para testar alunos para o novo coronavírus. Havia desde o início do mês uma expectativa de que os estudantes pudessem voltar a frequentar as escolas a partir de setembro.

Para o Censo Sorológico serão convidados todos os trabalhadores da rede estadual para trazer um mapeamento de 100% dos profissionais. Já no Inquérito Escolar Sorológico serão selecionados 13 municípios capixabas que trazem a representação da população e que possuem 760 escolas, entre as redes estaduais, municipais e privada, e que farão parte da população a ser amostrada.

Para o Inquérito Sorológico, a princípio, serão trabalhadas duas etapas. A primeira, ainda antes do retorno das aulas presenciais. A segunda etapa vai acontecer após o retorno das atividades presenciais nas escolas. O objetivo é estimar o percentual de trabalhadores e estudantes das redes de Educação infectados pela Covid-19. Todos os profissionais de educação das escolas selecionadas serão convidados a participar da coleta, assim como os aproximadamente 5 mil estudantes que serão sorteados, a cada etapa.

“Novo normal”

Para Nésio Fernandes, a grande arma das autoridades sanitárias é o conhecimento para lidar com o chamado “novo normal”. Para ele, aguardar a vacina contra o coronavírus chegar é um equívoco.

“Precisamos estruturar a sociedade baseado no que conhecemos da doença. Coisas como retomada de atividades comerciais, retorno das aulas, vai ser definido pela maneira como entendemos e das formas que lidamos para garantir segurança sanitária, independentemente das perspectivas futuras. Com distanciamento, uso de máscaras, higienização das mãos, você também protege o outro”, disse Nésio.

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: