fbpx
25.5 C
Vitória
quinta-feira - 14 de novembro de 2019
DiaaDiaES.com.br
Consumidores aguardaram atendimento no mutirão. Foto: PMCI

Dona de casa reduz dívida de R$ 9 mil para R$ 29 em mutirão em Cachoeiro

Descontos substanciais nos juros oferecidos no mutirão de negociação de dívidas do Procon de Cachoeiro estão atraindo diversos consumidores dispostos a limpar o nome antes do Natal. Um exemplo é a dona de casa Josete da Silva Vicente, que conseguiu reduzir dois débitos que tiravam seu sono: o primeiro deles, de R$ 9.975, caiu para R$ 29. Já o outro, que era de R$ 6.515, foi reduzido para R$ 26.

“Estava querendo acertar minhas dívidas há muito tempo, mas não tinha dinheiro nem oportunidade. Esse mutirão veio na hora certa. Estou muito aliviada”, contou.

Outro que também saiu contente do mutirão foi o aposentado Wilson Pereira, que reduziu duas dívidas com financeiras: na primeira, o valor caiu de R$ 17 mil para R$ 312; na segunda, o débito de R$ 6.600 caiu para R$ 400.

“Uma dívida era de R$ 17 mil, que vou poder quitar pagando só quatro parcelas de R$ 78. A outra, que era de R$ 6.600, caiu para R$ 400. Agora, vou ter condição de pagar. Esse trabalho que o Procon faz é muito importante”, afirmou o aposentado.

Atendimentos

O mutirão teve início na última quarta-feira (6) e termina nesta sexta-feira (8), na Praça Jerônimo Monteiro, no Centro de Cachoeiro. Nos dois primeiros dias foram realizados 996 atendimentos, todos acompanhados por funcionários do Procon Municipal. O atendimento é realizado das 9h às 16h, com a participação de 14 empresas.

Muitos consumidores também aproveitaram para consultar os cadastros do SPC e do Serasa: 600 atendimentos foram realizados pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

“O mutirão está sendo um sucesso. Os consumidores estão conseguindo condições muito favoráveis para pagamentos dos seus débitos. Os descontos chegam a 99%. É uma oportunidade imperdível de voltar a ter o nome limpo”, afirmou o coordenador do Procon de Cachoeiro, Rogério Athayde.

As empresas participantes do mutirão são Vivo, Oi, Claro, Banestes, Caixa Econômica Federal, Crefisa, Bandes, Avista, Itaú/ Unibanco, Dacasa, Bradesco, BRK e Unimed.

Cada empresa disponibiliza, por dia, uma média de 35 senhas. Para o atendimento, que é gratuito, é preciso apresentar carteira de identidade, CPF e documentos que comprovem a dívida.

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: