DiaaDiaES.com.br
Ação da PRF em Itapemirim. Foto: Agência PRF

Depois de Cachoeiro, PRF flagra menores forçando manobras perigosas em Itapemirim

Quinze dias após a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrar menores na BR 101, em Cachoeiro de Itapemirim, forçando caminhoneiros a realizarem uma manobra conhecida como “quebra de asa”, policiais rodoviários flagraram nesta segunda-feira (6) dois adolescentes se arriscando na mesma prática no km 410 da mesma rodovia, em Itapemirim, também no Sul do Espírito Santo.

De acordo com a PRF, uma equipe foi informada por caminhoneiros de que os dois menores estariam entrando na frente dos caminhões na pista de rolamento, forçando caminhoneiros a realizarem a manobra perigosa, que consiste em balançar a carroceria de um lado para o outro tirando as rodas da pista, além de colocarem em risco a vida de motoristas e demais usuários da rodovia.

Os agentes foram até o local, onde avistaram os adolescentes. Ao serem abordados, os jovens confirmaram que faziam parte de grupos de “quebra de asa”.

Por se tratar de menores de idade envolvidos em possível crime previsto no artigo 132 do Código Penal “perigo para a vida ou saúde de outrem”, foi acionado o Conselho Tutelar, que se encarregou de levar os envolvidos à Delegacia de Polícia Civil de Itapemirim para providências cabíveis.

A Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) lançou um alerta nacional em que adverte para o risco.

Em texto publicado nas redes sociais, a entidade avisa que motoristas que realizam este tipo de manobra podem responder pelo crime de direção perigosa, podendo até provocar algum acidente com outro veículo. “Se houver mais de um caminhão fazendo disputa de manobras na estrada, a punição aumenta por ser considerado envolvimento em racha. A pena pode variar de seis meses a dois anos de prisão”, alerta a federação.

Canais na internet

Após flagrar adolescentes se colocando em risco no km 415 da BR 101, na Safra, em Cachoeiro, no último dia 21 de junho, a PRF gravou um vídeo em que afirma que envolvidos no caso contaram que fazem essas filmagens para alimentar canais na internet e ganhar seguidores.

No caso do dia 21, os policiais avistaram quatro jovens. Entre eles havia um rapaz de 23 anos que no momento da abordagem estava filmando. Os outros três, um com 16 e dois com 15 anos, estavam às margens da rodovia se arriscando na frente dos caminhões.

Carro da prefeitura

Os menores foram encaminhados ao Conselho Tutelar, onde foram ouvidos. Já a Prefeitura de Cachoeiro abriu processo administrativo contra um servidor que foi flagrado no local da abordagem da PRF com um carro do município.

Carro da Prefeitura de Cachoeiro estava com servidor. Foto: Reprodução de vídeo

O funcionário, um mecânico da Secretaria Municipal de Transportes que estava de plantão, é pai de um dos rapazes envolvidos nas filmagens e estava no local com mais duas crianças dentro do carro da administração: uma de 5 e outra de 10 anos.

O servidor e o filho dele de 23 anos foram levados para a 7ª Delegacia Regional de Cachoeiro, onde foram ouvidos e autuados com base no artigo 132 do Código Penal, por exporem a vida ou a saúde de outras pessoas a perigo direto e iminente. A pena é de detenção de três meses a um ano, se o fato não constituir crime mais grave. Também será investigado se ocorreu corrupção de menores.

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: