DiaaDiaES.com.br
Foto: Santa Casa Cachoeiro

Cardápio especial e brincadeiras para idosos no isolamento social

Como forma de amenizar a ausência de visitas durante o período do isolamento social, o Lar de Idosos Adelson Rebello Moreira, em Cachoeiro de Itapemirim, está promovendo diversas ações. Em uma das programações organizadas pela administração do espaço, teve lanche especial, brincadeiras, distribuição de picolés e até banho de mangueira para animar os idosos.

A gestora Laira Martins Gaspar Costa explicou que foi criado um programa de atividade para que os idosos não ficassem tão ociosos durante o período da pandemia, já que eles não podem sair para passear e nem receber visitas para evitar a contaminação.

“Estamos trabalhando com eles para diminuir esse sofrimento causado pelo isolamento social. Durante a semana criamos um cardápio que não é rotineiro, como torta salgada, hambúrguer, picolé e dança para distraí-los”. disse.

Distribuição de hambúrgueres no lar de idosos. Foto: Santa Casa Cachoeiro

E quem comeu hambúrguer pela primeira vez foi o Sebastião Ribeiro. Ele contou que já tinha ouvido falar, mas nunca tinha experimentado. “Adorei. Estava uma delícia e fiquei muito feliz”, disse.

Além das danças e músicas, o lar também promoveu uma tarde muito divertida para os idosos. Teve até banho de mangueira e muitos reviveram a época de criança. “Está muito bom”, disse Marlene da Penha.

Segurança

Em seis meses de pandemia, o Lar de Idosos Adelson Rebello Moreira não registrou nenhum caso de Covid-19 entre os moradores do local. O resultado é fruto das medidas de seguranças adotadas para garantir a segurança dos pacientes e também dos funcionários.

Atualmente existem no local 39 idosos e para evitar a contaminação, foi necessário mudar a rotina do ambiente. A principal delas foi a suspensão de visitas. Mas nem por isso, eles ficam sem o contato com a família e amigos. O Lar está usando videochamadas para reduzir a distância.

Outras mudanças também foram feitas, como distanciamento das cadeiras, rodízio para evitar aglomeração no refeitório e os pacientes não estão saindo para fazer consultas fora da unidade.

“Estamos trazendo o médico para fazer a consulta aqui. Só em casos que precisa mesmo de atendimento em hospital é que fazemos a liberação, mas mesmo assim eles saem com todos os equipamentos de segurança necessários para evitar a contaminação”, explicou Laira.

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: