DiaaDiaES.com.br
Agência da Caixa em Mimoso do Sul. Foto: Beto Barbosa

Caixa diz que atua com polícia e bloqueia contas com indícios de fraude

A Caixa Econômica Federal informou na tarde desta sexta-feira (11), por meio de nota, que atua conjuntamente com a Polícia Federal e demais órgãos de segurança pública na identificação de casos suspeitos e na prevenção de golpes no auxílio emergencial, saque emergencial do FGTS e demais benefícios sociais. Segundo o banco, contas com indícios de fraude são bloqueadas.

Duas moradoras de Mimoso do Sul denunciaram na Polícia Civil terem sido vítimas de fraude, pois tiveram seus benefícios sacados em São Paulo. A primeira foi a de uma mulher de 50 anos, que teve R$ 1 mil referente à segunda parcela do auxílio retirado de sua conta. Já a segunda vítima foi uma lavradora de 42 anos, que ficou sem R$ 1.200 da terceira parcela da ajuda do governo federal. As duas apresentaram contestação no banco, solicitando ressarcimento.

Lavradora denunciou o caso à Polícia Civil. Foto: Beto Barbosa

“No caso da lavradora, a primeira contestação foi negada. Nesta data a beneficiária solicitou reanálise do processo com novos argumentos, portanto é necessário aguardar o resultado da nova análise.
Com relação à outra moradora de Mimoso do Sul, de 50 anos, a contestação foi aberta na última quarta-feira (10) e está em fase de verificação pelo banco, segundo informou a assessoria de imprensa.

Saiba mais: Moradoras de Mimoso do Sul denunciam fraude em auxílio emergencial

“A Caixa realiza, de forma estratégica e preventiva, monitoramento de casos suspeitos e bloqueia contas com indícios de fraude ou com inconsistências cadastrais para a verificação de informações. Essa checagem está garantindo a preservação do direito ao saque de benefícios sociais por todas as pessoas que preenchem corretamente os critérios de elegibilidade e necessitam dos recursos do auxílio emergencial que é a maior operação de transferência de renda da história do país”, informou a Caixa.

O banco informou ainda que os cuidados que os beneficiários devem ter para não serem vítimas de fraude estão disponíveis no endereço https://caixanoticias.caixa.gov.br/noticia/21501/auxilio-emergencial-saiba-mais-sobre-os-cuidados-para-evitar-golpes-e-fraudes.

“Eventuais contestações de saques podem ser formalizadas pelo beneficiário diretamente em qualquer agência da Caixa. Para os casos em que houver comprovação de saque fraudulento, o beneficiário será devidamente ressarcido”, conclui a Caixa.

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: