DiaaDiaES.com.br
Imóvel na Ilha do Boi tem lance mínimo de R$ 2 milhões. Foto: Bandes

Bandes leiloa mansão e até pousada com chalés nesta sexta-feira

O Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) promove nesta sexta-feira (31) três leilões sequenciais de imóveis, sendo que o bem mais badalado é uma mansão na Ilha do Boi, bairro nobre de Vitória, com área total de mais de 450 metros quadrados e lance mínimo de R$ 2 milhões. Já quem desejar investir em um negócio poderá adquirir uma pousada na vila de Itaúnas, em Conceição da Barra, com 12 chalés em um terreno de mais de 3 mil metros quadrados, e lance mínimo de R$ 2,2 milhões.

O primeiro leilão, às 13h50, terá em oferta uma chácara na Serra e uma área urbana no centro de Pedro Canário. Já o segundo e o terceiro leilões, programados a partir das 14 horas, disponibilizam de salas comerciais a sítios, passando por imóveis residenciais urbanos. Todos os leilões ocorrerão na sede do banco, em Vitória.

Condições

Interessados em arrematar algum bem ou conhecer as condições de pagamento podem consultar as fotos e demais informações nos editais de leilão, no site do Bandes. Outras informações pelos telefones (27) 3331-4359 e 3331-4416, ou pelo e-mail [email protected].

Ao todo, há ofertas de casas, apartamentos, lotes e edifícios comerciais, além de chácara e sítios rurais, que atendem a diversos interesses. Para participar, basta ir ao Bandes no dia do leilão, com os documentos pessoais para pessoa física ou o contrato social com procuração assinada em caso de pessoa jurídica.

São 14 itens de Norte a Sul do Estado, em dez municípios capixabas e um mineiro: Alegre, Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, Conceição da Barra, Domingos Martins, Guarapari, Pedro Canário, Serra, Viana e Vitória e em Araçuaí (MG).

Serviço

Leilão de Imóveis do Bandes

Data: sexta-feira (31) – Confira a lista dos imóveis aqui
Horário: 13h50
Local: Avenida Princesa Isabel, 54, Auditório do Bandes, 10º andar, Centro, Vitória.
Aberto ao público
Observação: devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o uso de máscara é obrigatório para circular nas dependências do banco. Além disso, haverá aferição da temperatura corporal do visitante e limite de passageiros no elevador

Carregando....
%d blogueiros gostam disto: